Siga o Blog:

6248b0b1-6a17-4f49-9db3-af0c3c0c4901 6248b0b1-6a17-4f49-9db3-af0c3c0c4901 6248b0b1-6a17-4f49-9db3-af0c3c0c4901

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Parque Estadual da Pedra Branca - Núcleo Pau da Fome



Seguindo nosso passeio pelos pontos "desconhecidos" do Rio de Janeiro, desembarcamos novamente no Parque Estadual da Pedra Branca, mas desta vez no Núcleo Pau da Fome, também em Jacarepaguá.




Para chegar lá, chegando no Largo da Taquara, entrar na Estrada do Rio Grande e seguir até o Largo da Capela, onde termina aEstrada do Rio Grande. Entrar na Estrada do Pau da Fome (esquerda) e seguir em frente uns dez minutos até a entrada da sede. Estrada do Pau da Fome nº 4003.

Entrada do Parque.

Centro de Visitantes.

Entrando no Parque, logo adiante temos a casa projetada por Zanini (arquiteto que ficou conhecido por suas casas perfeitamente integradas à natureza). Neste espaço foi montada uma exposição que destaca as riquezas naturais do Parque, como fauna, flora, água e rocha.









Neste Núcleo há uma trilha super leve para aqueles que gostam de um contato próximo com a natureza mas não está muito afim de se cansar, a trilha do Rio Grande, que irei detalhar em um post próprio.

Ainda na parte baixa do Parque há outros pontos interessantes e de fácil acesso, como o aqueduto (início dele), pequenas quedas d'água e uma pequena represa.


Aqueduto

Aqueduto

Aqueduto
Moradores do Aqueduto.

Aqueduto (por dentro)

Pequena Represa e quedas d'água.

Pequena Represa.

O fundo da Represa.
A "nova geração" se preparando para habitar o parque.


Como disse, um ótimo passeio para quem quer um contato com a Natureza sem ter que fazer um grande esforço.

Este Núcleo também possui várias trilhas mais complexas e que exigem mais esforço, mas fica pra um outro momento.



Antes de ir embora, vale uma passada no quiosque do Seu João e beber um caldo de cana e comer um salgado. Se der sorte, quem sabe poderá ainda ganhar uma bom papo com esse morador da região. Vale muito a pena.


Obs.: Trilha Transcarioca


A Trilha Transcarioca cruzará o Rio de Janeiro por um percurso de aproximadamente 170 km, saindo da Barra de Guaratiba até o Morro da Urca, aos pés do Pão de Açúcar. Durante o seu trajeto, o visitante terá a oportunidade de apreciar atrativos naturais pouco conhecidos da cidade e descortinar a Cidade Maravilhosa de ângulos inusitados. A trilha poderá ser percorrida na sua integralidade ou em seções, de acordo com o interesse, a aptidão e a disponibilidade de tempo de seus usuários.
A Trilha sai da Restinga da Marambaia e vai até o Pão de Açúcar, num percurso que passa por seis unidades de conservação: Parque de Grumari, Parque Estadual da Pedra Branca, Parque Nacional da Tijuca e os parques naturais municipais da Catacumba, da Paisagem Carioca (Morro do Leme, e Babilônia) e Morro da Urca.

Espero que tenham gostado e até nosso próximo post.

LINKS: